17/07/2024 +5524992552748

Toque de bola - Augusto Carpazano

Livro Marketing

Botafogo vence e "dorme" na vice-liderança do Brasileirão 2024

Na próxima rodada o Cuiabá vai ao Maracanã enfrentar o Flamengo

Por Augusto Carpazano 04/07/2024 às 10:47:14

O Botafogo foi até o centro-oeste brasileiro, enfrentar o Cuiabá por mais uma rodada do brasileirão 2024. Permanecendo no G4 há algumas rodadas, o alvinegro aproveita a parada na Libertadores, que volta somente em agosto, para conseguir valiosos pontos, mantendo-se assim na luta pelo título. Do outro lado o time da casa buscava um maior equilíbrio nas ações, pois apesar de uma boa recuperação no campeonato após um início conturbado com derrotas, problemas com jogadores, treinador que deixou o clube, o time ainda toma muitos gols.


Para isso o técnico franco-português, Petit, escalou o time com três zagueiros. E sem vergonha nenhuma jogou num 5-4-1 mesmo, mantendo uma defesa mais avançada para compactar seu meio-campo, visando diminuir o volume de jogo do adversário e ainda não deixar o centroavante Pitta tão sozinho entre os zagueiros alvi-negros.


Artur Jorge continuou com seu 4-4-2, com duas linhas bem definidas, porém com Kauê na vaga do capitão do time, Tchê-Tchê, contundido. E o garoto da base, que vinha jogando bem no campeonato carioca (e que eu sinceramente não sei porque foi esquecido no elenco) acertou um belo chute da entrada da área logo aos cinco minutos de jogo. 0 x 1. Porém o time do Cuiabá não está com essa boa recuperação a toa e criou problemas para defesa carioca, muito porque constantemente Pitta era acionado na bola longa por Empereur e por um dos volantes, hora Denílson hora Filipe Augusto.


O Botafogo, com a vantagem em mãos, ainda assim conseguia boas soluções táticas como a escalação de Marçal, na lateral esquerda, e sua capacidade de ajudar na construção de jogo, tanto quanto a de Mateo Ponte, pela direita, fazendo a mesma função.


Assim Luís Henrique e Kauê ficavam com espaços pelos lados do campo. Eduardo foi outro destaque e mesmo com um corte feio na cabeça, após um choque com o zagueiro Marlon, participava das principais ações ofensivas. O Cuiabá continuava a pressionar a última linha de defesa botafoguense com bolas longas e a tentativa de jogadas pelos lados. E numa jogada pela esquerda a bola foi lançada na área e Lucas Halter empurrou Pitta. O árbitro não deu nada, mas foi corrigido pelo VAR.


O próprio camisa 9 do Dourado bateu e empatou o jogo. 1 x 1. No segundo tempo, Petit voltou com seu time explorando mais o jogo em cima do experiente Marçal e do jovem Kauê, ambos voltando a jogar depois de uma longa inatividade. Jonatan Cafú e Matheus Alexandre forçaram muito o jogo por aquele lado e conseguiram boas jogadas. O goleiro John foi o destaque do time com muita segurança e reflexos apurados, o jogador foi decisivo em vários lances.


Vendo que estava perdendo o lado esquerdo de sua defesa e Jr Santos estava entrando em posição de impedimento sucessivas vezes, Arthur Jorge colocou Tiquinho Soares, para segurar a bola no campo de ataque, Cuiabano e Danilo, para equilibrar o jogo do lado esquerdo. Com a saída de Kauê e a entrada dos jogadores anteriormente citados, o Botafogo ficou mais ofensivo.

Eduardo, jogando como ponta, gerava muito jogo com Cuiabano que tinha em Danilo uma parceria no lado defensivo.

 

Tiquinho também agrega ao time uma característica que Jr Santos, jogando de costas para o gol não consegue: a jogada de pivô. Ele segurava o jogo para gerar velocidade no momento certo. E numa dessas jogadas, ele acionou Jr Santos que tirou a marcação e chutou, Valter deu rebote e Mateo Ponte, bem posicionado, virou o jogo; 1 x 2.

O Dourado ainda teve algumas chances em escanteios e chutes de fora da área, todos defendidos por John.


Com 27 pontos, o Botafogo "dorme" na vice-liderança do campeonato e torcer para o Grêmio vencer o Palmeiras, nessa quinta-feira, para consolidar-se nessa posição. Na próxima rodada o Cuiabá vai ao Maracanã enfrentar o Flamengo no sábado as 21hs. Já o Botafogo, recebe o Atlético MG no "tapetinho" do estádio Nílton Santos às 20:30 do domingo.


Comunicar erro
Comentários