18/07/2024 +5524992552748

Política

Livro Marketing

Presidente da ALERJ reforça apoio a pré candidatura de Marcelo Cabelereiro em Barra Mansa

Marcelo Cabelereiro destacou que a decisão de ouvir a população tem contribuindo para as suas propostas

Por Direto da Redação 27/06/2024 às 18:19:34

Rodrigo Bacellar Presidente da Alerj - Foto: Site conexão fluminense

Barra Mansa - O presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) e tamb√©m presidente estadual do União Brasil, Rodrigo Bacellar, se reuniu nesta semana com o pr√©-candidato à Prefeito de Barra Mansa Marcelo Cabeleireiro. No encontro, sacramentou mais um vez a consolidação do partido em torno da disputa ao Executivo Municipal. Na oportunidade o deputado ressaltou o seu total apoio a pr√© candidatura do partido em Barra Mansa  "O União Brasil tem a satisfação de caminhar ao lado de Marcelo Cabeleireiro. Para nós, Barra Mansa precisa melhorar, progredir, voltar a se desenvolver e a despontar na economia fluminense. Seguimos alinhados, com uma corrente positiva para disputar as eleições de outubro próximo"  destacou Bacellar. Para Bacellar, as iniciativas de Marcelo Cabeleireiro trazem bons resultados "A população est√° sendo ouvida. O Marcelo, enquanto pr√©-candidato, tem realizado um trabalho de escuta dos anseios do povo. Isso √© muito importante". Concluiu.

Durante o encontro, Marcelo Cabelereiro destacou que a decisão de ouvir a população tem contribuindo para as propostas do seu Plano de Governo e da Carta de Intenções, documento que ser√° entregue a todos os pr√©-candidatos à prefeito. "Existe uma queixa recorrente da falta de di√°logo entre a atual gestão e a população. Nós estamos preocupados em resolver os problemas de Barra Mansa. Por isto, essas informações serão consolidadas e entregues em mãos a tods os pr√©- candidatos ao Executivo. Estamos fazendo a nossa parte, jogando luz sobre questões, como o atendimento deficit√°rio na √°rea da sa√ļde, a falta de empregos e de atrações de nova empresas e investimentos, al√©m da insegurança", pontuou Marcelo.
Comunicar erro
Coment√°rios